zulupa.com.br
segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Notícias / Variedades

 

27/11/2017 19h51 - Atualizado em 27/11/2017 19h58

Seminário Regional em Arroio do Meio debate Agroindústria e Segurança Alimentar

Seminário Regional em Arroio do Meio debate Agroindústria e Segurança Alimentar

 

Com o objetivo de discutir temas relacionados à formalização das agroindústrias familiares nas esferas ambiental, sanitária e tributária e também os requisitos para a adesão ao Sistema Estadual de Sanidade Agroindustrial, Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte (Sesaf/RS), a Prefeitura de Arroio do Meio e o Serviço de Inspeção Municipal (SIM) realizaram na quinta-feira (23/11), um Seminário Regional sobre Agroindústria e Segurança Alimentar. O evento ocorreu no CTG Querência do Arroio do Meio e contou com a presença de veterinários, empreendedores rurais, extensionistas, pesquisadores, agricultores e lideranças.

Na ocasião, temas como boas práticas de fabricação e contaminação cruzada, legislação para açougues e fiambrerias, doenças transmitidas por alimentos e sua relação com segurança alimentar, foram abordados por painelistas de diversas entidades. À Emater/RS-Ascar coube a discussão sobre o Programa Estadual de Agroindústria Familiar da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR) do Governo do Estado, que foi apresentado em palestra ministrada pelo assistente técnico regional da área de Organização Econômica da Emater/RS-Ascar, Alano Tonin.

Por meio deste Programa - que desde 2012 é uma política pública de Estado - a Emater/RS-Ascar presta assistência técnica e apoio para a legalização das agroindústrias familiares. Com o objetivo de esclarecer cada ponto do Programa, Tonin ressaltou os objetivos, os benefícios e as condições para a participação. "Formalizar uma agroindústria é possibilitar agregação de valor a produção primária, é melhorar a renda a qualidade de vida para as famílias envolvidas e ainda desencadear um processo de desenvolvimento econômico em todas as esferas", observa o extensionista. "Isso sem contar a obtenção do Selo Sabor Gaúcho", completa.

Com o apoio da Emater/RS-Ascar e do Conselho Arroio-meense de Desenvolvimento Rural (Conar), o evento contou com a presença de diversas autoridades, entre elas o prefeito de Arroio do Meio Klaus Schnack, a vice-prefeita Eluíse Hammes, o gerente regional da Emater/RS-Ascar, Marcelo Brandoli, o chefe do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa) da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi), Henrique Bueno, o responsável pelo SIM de Arroio do Meio, Adriano Becker e o secretário municipal de Agricultura, Eloir Lohmann.

Brandoli valorizou o Seminário lembrando o fato de que na região de abrangência do Escritório Regional da Emater/RS-Ascar de Lajeado - que compreende os vales do Caí e Taquari - são 230 agroindústrias cadastradas no Programa, sendo 132 inclusas e legalizadas. "É uma atividade que contribui para a permanência do jovem na propriedade rural, com renda e qualidade de vida", comentou, ressaltando ainda o resultado obtido pela Audiência Pública com a Subcomissão das Agroindústrias Familiares realizada na última sexta-feira (17/11), em Estrela e que encaminhará demandas para a revisão de leis nas esferas federal, estadual e municipal.


Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar - Regional de Lajeado
Jornalista Tiago Bald
tbald@emater.tche.br
(51) 3729-6113

www.facebook.com/EmaterRS
https://twitter.com/EmaterRS
www.youtube.com/EmaterRS
tv.emater.tche.br

 

Comente esta notícia

Mensagem  
Nome  
E-mail*  
   
  * não será publicado.

 

Soluty Zulupa.com.br © 2010. Todos os direitos reservados.
contato@zulupa.com.br - (55) 9700 5946 / 9613 5633