zulupa.com.br
segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Notícias / Variedades

 

06/10/2017 20h01

Gramado dos Loureiros realiza Encontro das Bovinocultoras de Leite

Gramado dos Loureiros realiza Encontro das Bovinocultoras de Leite

 

Com o objetivo de discutir a importância da família na atividade leiteira, bem como do cuidado com a saúde e o bem-estar dos produtores rurais, foi realizada nesta quarta-feira (04/10), em Gramado dos Loureiros, a 2ª edição do Encontro das Bovinocultoras de Leite e o 1º Encontro das Famílias dos Bovinocultores de Leite. O evento, promovido pela Emater/RS-Ascar, Prefeitura, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Associação dos Produtores de Leite, Sicredi e Laticínios Frizzo, Kiformaggio e Boavistense, foi realizado no Centro de Múltiplo Uso e reuniu em torno de 40 produtores.

A programação iniciou com a participação da fisioterapeuta, Eliane Schwantz, especialista em ergonomia, que falou sobre a postura correta para a realização das atividades laborais. Eliane ensinou alguns exercícios e posturas que, no dia a dia, podem ajudar os agricultores a evitar dores e lesões. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 80% das pessoas sentem dores nas costas e a principal causa é a falta de cuidados com a postura. “Dessa forma, todas as pessoas deveriam conhecer os princípios da ergonomia, pois sua existência está ligada ao movimento corporal e ao comportamento psicológico. Em determinados casos, algumas tarefas deixam de ser prazerosas e passam a ser “castigantes”, devido à má postura”, comentou a fisioterapeuta.

Outros temas ligados à atividade leiteira fizeram parte da programação do evento. Sucessão rural foi assunto trabalhado pelo supervisor da Emater/RS-Ascar, Leonir Bonavigo. Ele apresentou dados da Organização das Nações Unidas (ONU), onde a população rural brasileira, em 1950, era de 65%. Em 2050, esse percentual cairá para apenas 7%, com uma população total estimada em 220 milhões de habitantes.

Bonavigo destacou que a escolha da permanência no campo ocorre no período da adolescência. “É nessa fase que se define se irão permanecer na propriedade, dando continuidade às atividades que os pais realizam”, exclamou. A intenção da Emater/RS-Ascar em promover e reunir a família em um encontro foi para estimular o diálogo e a sucessão desde cedo, facilitando esse processo.

Pensando na qualificação da atividade leiteira, o assistente técnico regional de sistemas de produção animal da Emater/RS-Ascar, Valdir Sangaletti, tratou sobre o bem-estar animal. “Para manter boas condições de saúde, expressar o máximo do seu potencial genético e produzir leite de qualidade, as vacas leiteiras precisam estar em boas condições de bem-estar”, afirmou Sangaletti. As boas condições sugeridas pelo assistente técnico são disponibilidade de água e comida, conforto térmico, boas condições de saúde, livres de estresse, favorecendo o comportamento natural da espécie. Sangaletti explicou como o sombreamento contribuiu para esse processo e sugeriu algumas espécies arbóreas que são adequadas para a implantação nas pastagens e beneficiam os animais.

Sangaletti apresentou ainda resultados de análises da produção leiteira a partir de sistemas que utilizaram sombreamento. Um dos exemplos destacados foi à produção da raça holandesa, que passou de 14,5 litros de leite para 18,5 litros apenas com a utilização de sombra nos piquetes. Segundo ele, o consumo de alimento e matéria seca também é maior quando se oferece sombra aos animais. Dessa forma, a produção leiteira final aumenta significativamente nas propriedades que aderem ao sombreamento.

Para encerrar, o tema fitoterapia animal foi abordado pela extensionista social da Emater/RS-Ascar de Iraí, Vanessa Dall Canton. “A fitoterapia animal tem como principal objetivo oferecer aos agricultores uma alternativa em termos de auto suficiência de insumos naturais, que podem ser encontrados dentro da propriedade rural, substituindo os insumos tradicionais”, comentou Vanessa.

De acordo com a extensionista, o Brasil detém uma diversidade de produtos vegetais que podem ser utilizados para curar doenças comuns, como os bernes e carrapatos. Vanessa apresentou aos agricultores diferentes plantas que podem ser utilizadas no manejo da atividade leiteira.

Lideranças locais participaram do evento, como o prefeito de Gramado dos Loureiros, Osmar José Zin, o presidente da Câmara de Vereadores, Artur Cereza, o secretário Municipal da Agricultura, Gerci Martins Alves, e toda a equipe do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar.

Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar - Regional de Frederico Westphalen
Jornalista Marcela Buzatto
mbuzatto@emater.tche.br
Estagiárias: Diane Arend e Paula Mazzonetto
(55) 3744-2835
(55) 55 999853680

www.facebook.com/EmaterRS
https://twitter.com/EmaterRS
www.youtube.com/EmaterRS
tv.emater.tche.br

 

Comente esta notícia

Mensagem  
Nome  
E-mail*  
   
  * não será publicado.

 

Soluty Zulupa.com.br © 2010. Todos os direitos reservados.
contato@zulupa.com.br - (55) 9700 5946 / 9613 5633