zulupa.com.br
sexta-feira,25 de setembro de 2020

Notícias / Educação

 

16/01/2020 22h01 - Atualizado em 16/01/2020 22h05

Santa Rosa: Escolas da Rede Municipal terão instalação de sistema de Energia Fotovoltaica

Santa Rosa - RS

 

O investimento será de R$ 1.324.680,00, pretende-se uma geração de energia elétrica anual de 560.000,00 kW/h, o que irá resultar em uma economia anual com energia elétrica de R$500.000,00 aproximadamente.
Na manhã de Terça-feira, 14, o Prefeito em exercício Luis Antonio Benvegnú realizou a assinatura da ordem de início para instalação de 456,00kWp (kilowatt-pico) de potência em Sistemas de Microgeração Distribuída de Energia Solar Fotovoltaica ON-GRIDE, nas escolas municipais de ensino fundamental e de ensino infantil. O investimento será de R$ 1.324.680,00, pretende-se uma geração de energia elétrica anual de 560.000,00 kW/h, o que irá resultar em uma economia anual com energia elétrica de R$500.000,00 aproximadamente. A implantação do sistema será realizada pela empresa Cemacom Central de Materiais.
Na oportunidade o Prefeito em exercício, Luis Antonio Benvegnú destacou a importância do projeto.“Estamos vivenciando um momento importante para Santa Rosa, uma energia inesgotável e limpa em prol da sustentabilidade, onde todas escolas da Rede Municipal de Ensino estarão gerando a própria energia que consomem, desta forma reduzindo os gastos financeiros. Com a redução da conta de energia, a Prefeitura de Santa Rosa espera pagar os equipamentos de geração de energia renovável em até 3 anos. E também estamos estudando uma forma jurídica de fazer, com que  dinheiro economizado possa ajudar os CPMS e APMS das escolas, para que  possam com as parcelas desse recuso economizado investir na própria escola, na manutenção dos próprios equipamentos, e manutenção de pequenos reparos”,ressalta , Luis Antônio Benvegnú.
O investimento em uma fonte de energia sustentável está em sintonia com as políticas governamentais e as próprias políticas socioambientais do Município de Santa Rosa/RS. Por outro lado, fontes de energia sustentáveis são uma meta global, considerando os efeitos extremamente nocivos que os combustíveis fósseis acarretam. Investir em energia solar no Brasil é diminuir a necessidade de utilização de energia térmica, por exemplo.
Sob o ponto de vista financeiro, a situação no Brasil apresenta-se bastante favorável energia solar fotovoltaica. Com a Resolução Normativa nº 482/2012, revisada pela Resolução Normativa nº 687/2015, da ANEEL - Agência Nacional de Energia Elétrica, foi criado o Sistema de Compensação de Energia Elétrica. Esse sistema permitiu que consumidores instalassem pequenas usinas geradoras, como as de energia solar fotovoltaica, microturbinas eólicas, geradores de biomassa, etc.
O ponto chave para tornar a energia solar fotovoltaica atrativa sob o ponto de vista financeiro, foi a definição de que quando a quantidade de energia gerada for superior à quantidade de energia consumida, serão gerados créditos que poderão ser compensados pelo prazo de até 60 meses. Ou seja, a energia gerada em períodos de sol, é utilizada para compensar o consumo dos períodos sem sol, de forma a que o gasto final de energia da edificação seja reduzido a apenas uma taxa mínima.
Ainda, caso o consumidor possua uma outra instalação em seu CPF/CNPJ, ele poderá utilizar os créditos excedentes para compensar nessa outra unidade consumidora. Essa modalidade de compensação é denominada “autoconsumo remoto”. Desta forma, uma unidade consumidora do Município de Santa Rosa, pode ter um gerador solar fotovoltaico instalado, dimensionado para o atendimento do seu consumo, de forma integral ou parcial, e até mesmo sendo possível, em caso de geração excedente, a utilização dos créditos para abater os valores das contas de outras unidades consumidoras do Município de Santa Rosa, desde que estejam dentro da área de abrangência da mesma concessionária/permissionária.
Os valores dos equipamentos e materiais que compõem um gerador solar fotovoltaico, especialmente os módulos fotovoltaicos, têm caído nos últimos anos, de forma a que a Prefeitura Municipal de Santa Rosa adquiriu os sistemas por um preço atrativo do ponto de vista econômico, e a previsão é de retorno do investimento em aproximadamente 3 (três) anos. Como um gerador fotovoltaico tem vida útil estimada de 25 a 30 anos, fica claro que o valor presente líquido do investimento é bastante atrativo. Some-se a isso que se pretende instalar os geradores somente em prédios próprios e com perspectiva de utilização de longo prazo, e que o sistema pode ser até mesmo reinstalado em outra edificação, temos que o investimento em geradores justifica-se também plenamente sob o ponto de vista financeiro e estratégico.
“O investimento em Sistemas de Geração de Energia Solar Fotovoltaica traz um bom retorno financeiro, pois nos últimos anos houve uma redução dos custos para aquisição, ao mesmo tempo em que os sistemas se tornaram mais eficientes, pela evolução tecnológica dos equipamentos que o compõem. Estimamos que o retorno do valor investido, através da economia proporcionada pela energia elétrica gerada, ocorra em aproximadamente 3 anos, e que a vida útil do sistema seja de 25 a 30 anos.
Aliado a economia, soma-se a contribuição para redução da emissão de gases poluentes e redução dos impactos ambientais comparativamente a outras fontes de energia, como carvão, nuclear e hidráulica, assim, contribuindo para preservação ambiental através da sustentabilidade.” Engenheiro Eletricista Adriano Fink
Participaram do ato a Secretária de Gestão e Fazenda, Leila Piekala, o Superintendente Geral de Governança, Fernando Classmann, o Secretário de Desenvolvimento Sustentável, Rafael Rufino, a Diretora de Planejamento Urbano, Caliandra Perini, Diretora de Planejamento Pedagógico, Themis Helena Patias, Engenheiro Eletricista, Adriano Fink e representantes da empresa Cemacon.
 
Publicado por:
Departamento de Comunicação
(imprensa@santarosa.rs.gov.br) - (55) 3511 - 5101

 

Comente esta notícia

Mensagem  
Nome  
E-mail*  
   
  * não será publicado.

 

Soluty Zulupa.com.br © 2010. Todos os direitos reservados.
contato@zulupa.com.br - (55) 99700 5946 / 99613 5633