zulupa.com.br
terça-feira,16 de julho de 2024

Colunas / Cultura

 

22/06/2024 18h27

PAPINHO DE SÁBADO

Paulo Schultz Paulo Schultz
Professor
Tem números positivos de crescimento na economia brasileira.
 
Tem números positivos na geração de empregos no país, desde o ano passado, de modo crescente.
 
Tem números positivos na renda média do trabalhador brasileiro.
 
 Tem números positivos no crescimento da produção industrial.
 
 Tem números positivos no volume de vendas do comércio.
 
Tem números altamente positivos no anúncio de investimentos de grandes empresas mundiais no Brasil para os próximos anos.
 
Tem resultados sociais altamente positivos, na quantidade de brasileiros que deixaram de estar em condição de fome e de miséria,  do ano passado para cá.
 
Tem políticas públicas que já deram resultados imediatos,  como foi o caso do bolsa família,  que voltou,  e voltou turbinado, dando condições dignas para milhões de brasileiros que estavam numa condição terrível de vida. 
 
Tem políticas públicas que foram retomadas ou criadas no ano passado, no primeiro ano do governo Lula,  cujos resultados positivos começam a aparecer agora, e irão se expandir ao longo deste ano e dos próximos.
 
Tem números positivos no controle da inflação,  que ainda não é o ideal,principalmente no que diz respeito à questão dos preços dos alimentos, mas a situação está indo em um bom caminho.
 
Tem um ar de tranquilidade no país nos finais de semana,  coisa que não havia nos quatro anos do governo da aberração chamada Bolsonaro.
 
Naquele período o que valia era o atrito, o conflito, a turbulência, as motociatas imitando Mussolini e seus seguidores fascistas (pagas com dinheiro público inclusive). 
 
Os finais de semana do ano passado para cá tem sido de um ar mais leve ( exceto para aquela turma que vive dentro do mundo paralelo da bolha Matrix envenenada da extrema direita).
 
Para a maioria dos brasileiros,  o ar é mais leve, e, se  a vida ainda não está no ponto que se quer chegar, ela pelo menos já está melhor, e as pessoas percebem que há um bom caminho que está sendo trilhado para que as coisas fiquem bem, principalmente para os trabalhadores e trabalhadoras, os aposentados, e para a população pobre do país.
 
Se a gente considera tudo isso,  e se a gente é a porção da população brasileira que não vive dentro da bolha Matrix envenenada  bolsonarista, você acha que a gente vai ficar fim de semana se ocupando e se retorcendo com as tais  pautas de costumes,  com doideira de kit gay, banheiro unissex, ideologia de gênero, comunismo, ou  lei anti-aborto que penaliza as vítimas, e enaltece o estupro ?
Aqui ó!
 
Aliás especificamente falando sobre essa turma da extrema direita... tá na hora de dar uma refrega  política e social duríssima nessa gente.
 
A gente não tem que ficar aturando e se encolhendo, por exemplo , para uma bancada evangélica composta de gente picareta, vigarista e fundamentalista.
 
Aliás,  para eles que queriam socar politicamente o governo no canto com o seu projeto anti-aborto, foram eles que acabaram prensados,  pela ação  dos movimentos,  e, principalmente, pela ação vigorosa e  certeira das mulheres, tanto nas redes sociais quanto nas ruas das grandes cidades do país.
 
E aqui entre nós ....gente que propõe um projeto como esse que a bancada evangélica propôs,  merece o quê...além de serem pendurados  pelos testículos ?
 
E tem mais.... a gente tá vendo semanalmente os tais pastores coach,  ou influencers evangélicos dizendo muita merda, muita aberração e imbecilidade, em seus espaços nas redes sociais, e não dá mais para aguentar.
 
Essa semana teve um deles que disse que não se deve mandar as filhas para a faculdade porque lá viram vagabundas, ou militantes.
 
Na argumentação bandida do pastor coach,  o ambiente universitário poderia mandar filhos de fiéis "para o inferno".
 
Nessa guerra cultural que o conjunto da extrema direita tem promovido no país de forma diária e contínua, a gente precisa entrar neles de sola.
 
Primeiro a gente precisa estudar como essa gente pensa e funciona, para saber corretamente como se combate ela.
 
Segundo, é preciso que a gente use do argumento da realidade ....contra a estupidez, a mentira e o irreal que eles propagam.
 
Bom... mas hoje é sábado e como o ambiente do fim de semana da gente não deve ser tumultuado por essa doideira toda..... segunda a gente retoma tudo. 
 
Vida que segue .
 
 

 

Este artigo é de responsabilidade exclusiva do seu autor, não representando necessariamente a opinião do portal.

 

Comente estE ARTIGO

Mensagem  
Nome  
E-mail*  
   
  * não será publicado.

 

Soluty Zulupa.com.br © 2010. Todos os direitos reservados.
contato@zulupa.com.br - (55) 99700 5946 / 99613 5633