zulupa.com.br
segunda-feira,24 de janeiro de 2022

Colunas / Cultura

 

11/12/2021 19h02 - Atualizado em 11/12/2021 20h06

A cruel liberdade do vale tudo e a esperança

Paulo Schultz Paulo Schultz
Professor
Existe, no âmago das falas de Bolsonaro, uma palavra chave: liberdade.
 
Precisamos compreender o que é essa liberdade, e então entenderemos a paixão cega que os bolsonaristas raiz  têm pelo seu líder e suas ideias alucinadas, e como enfrentar isso.
 
No princípio de tudo isso está a liberdade individual.
 
Preponderando sobre as liberdades coletivas e a corresponsabilidade e solidariedade coletiva entre as pessoas que vivem dentro de uma sociedade.
 
É uma liberdade que diz que vale aquilo que eu quero fazer, ou aquilo que eu não quero fazer, independente do outro.
 
Uma liberdade anárquica dentro de um modelo capitalista.
 
Portanto uma liberdade egoísta, descompromissada com qualquer outra forma de vida que não seja a da própria pessoa.
 
Tendo como fundamento uma premissa de que se pode tudo, dentro de um ambiente capitalista de acumulação, de exploração e de brutalidade.
 
Colocando isso em exemplos práticos... dentro da linha de raciocínio bolsonarista....
 
"Se eu não quero me vacinar contra a COVID, eu tenho esse direito".
 
"Se eu quiser dirigir meu carro e colocar uma criança de 5 anos no banco da frente, sem cinto de segurança,  eu tenho esse direito".
 
"Se eu quiser estabelecer um garimpo dentro de uma área de proteção ambiental ou de uma área indígena, eu tenho esse poder e eu tenho esse direito".
 
"Se eu quiser derrubar uma mata inteira, para expandir o meu latifúndio de soja, eu tenho esse direito."
 
" Se eu quiser andar com arma na cintura, desfilando pela cidade, eu tenho esse direito."
 
Creio que com esses  exemplos, dá para se entender,na prática, o que significa a liberdade para Bolsonaro e a liberdade que os bolsonaristas tanto gostam.
 
No fundo, é um vale tudo dentro de um ambiente capitalista sem regras, sem proteção e mediação do Estado, onde a lei do mais forte se impõe pelo poder econômico e pelo poder das armas.
 
Essa é a sociedade dos sonhos de Bolsonaro e de seus seguidores.
 
É a liberdade máxima para eles, e a subjugação e o sofrimento extremo para os outros.
 
Mas aí você vai pensar..." Mas o que eles dirão ao restante da sociedade?"
 
Simples....eles dirão aquilo que seu guia diz..."Caguei!"
 
Sem a menor culpa, sem o menor remorso,  sem a mínima possibilidade de empatia ou consideração.
 
Durante três longos anos fomos vendo isso sendo construído e se instalando de forma ruidosa e gradativa pelas ações do governo Bolsonaro.
 
Com o apoio e os mugidos extasiados dos seus seguidores.
 
Pois esse tempo tem que acabar.
 
O prazo de validade expira em 31 de dezembro de 2022.
 
É o tempo de interromper  essa destruição doentia, essa instalação bizarra de uma sociedade para poucos, e com pobreza, sofrimento e  brutalidade para muitos.
 
Bolsonaro é um espantalho da morte.
 
Seus seguidores, de certa forma, também o são.
 
O ano de 2022 será um ano duro na vida prática do dia a dia, e também será duro durante o período pré e o período eleitoral.
 
Enfrentar essa horda de extrema direita na vida real e nas redes sociais será algo pesado, perigoso e exigirá firmeza, inteligência e capacidade de luta, de todos os militantes que se puserem ao lado do campo popular, ao lado da esquerda.
 
Venceremos. Mas será com muito esforço.
 
Como diz aquela clássica canção..
 
" Brasil, esquentai vossos pandeiros
Iluminai os terreiros
Que nós queremos sambar…".

 

Este artigo é de responsabilidade exclusiva do seu autor, não representando necessariamente a opinião do portal.

 

Comentários

"maldade que eles carregam.....", disse a moça aí embaixo. Vejamos então a condição do mentiroso (o lula, vocês sabem. sempre ele, pois ninguém mente mais e melhor que o lula). A mentira é uma maldade? vejam o que encontrei: "Mentir, mais que um artifício oral, escrito ou vivencial que alicerça a falsidade, sonega o dado correto, substitui realidade por fantasia, é a maldade em si mesma ou, no mínimo, ato preparatório para se fazer algo de mal, de ruim, de prejudicial ao outro". No caso de heroizinho de vocês, a mentira dele serve para escravizá-los e segui-lo de forma incondicional, como zumbis, defendendo o discurso dele, enquanto ele pratica a canalhice. E vocês não percebem. O dia em que perceberem que foram traídos votarão no primeiro Bolsonaro que enxergarem pela frente. Pobre Brasil......

Joca - 12/12/2021 09h56

Verdade,a minha indignação com esta gente é com a maldade que eles carregam,o que eles nada tem haver com liberdade,sim com maldade ,com total falta de respeito,de amor ,de humanidade.O Que conseguem produzir é muito nojo,como diz nosso companheiro Ol8vio Dutra,este lodo sempre existiu mas não tinha respaldo

Helena - 11/12/2021 23h12

 

Comente estE ARTIGO

Mensagem  
Nome  
E-mail*  
   
  * não será publicado.

 

Soluty Zulupa.com.br © 2010. Todos os direitos reservados.
contato@zulupa.com.br - (55) 99700 5946 / 99613 5633